O que é o Projeto Agogê?

uma.jornada.começa.com.simples.passo

Escolhi esta imagem para ilustrar a descrição do Projeto Agogê e também o primeiro post deste blog pois acredito muito no significado desta frase, que “Uma jornada de milhares de quilômetros começa com um simples passo” ou seja, nada adianta fazermos um planejamento perfeito para algo grandioso se não tomarmos uma atitude para tirar esta ideia do papel.

Sendo assim, no dia 8 de julho de 2014 resolvi dar o primeiro passo, dia este emblemático  para todo brasileiro, dia em que o  Brasil tinha passado pelo histórico vexame de ser goleado em casa por 7×1 contra a Alemanha, a maior goleada sofrida por qualquer seleção em uma Copa do Mundo da FIFA.

Com o final prático da Copa do Mundo para nós, também tinha acabado aquela onda de festa todo dia, com comes e bebes sem fins, que com certeza contribuíram para que mantivéssemos o incomodo lugar de Quinto País no Ranking da Obesidade, facilitando aquela tarefa que todos empurram para segunda-feira, o desagradável inicio da dieta.

Nesta data eu estava pesando 122,4kg e já tinha tentado diversas abordagens para controle do meu peso, seja com remédios, nutricionista, endocrinologista, nutrólogo,  pai de santo, orixás e muitos outros métodos alternativos que sempre traziam resultados imediatos e nada perenes. Como qualquer pessoa com aptidão para exatas resolvi começar a pensar de maneira lógica e em vez de ir pela opinião de profissionais, resolvi começar a pesquisar sobre nutrição, dietas e afins na internet para que eu pudesse achar uma resposta para as minhas dúvidas e principalmente uma solução para o meu problema.

Depois de muito pesquisar, procurar e analisar dezenas de sites pela internet, tanto no Brasil quanto pelo mundo, sabe o que consegui? Mais dúvidas. Cada tipo de site defendendo um tipo de alimentação, as vezes com proposta totalmente antagônicas, tais como fique dias sem comer ou a clássica coma de três em três horas, passando pela dieta Gracie e tantas outras. Com isto o tempo ia passando e minha vontade de dar um jeito no meu peso estava ficando menor do que ir no MC Donalds, até que em um belo dia de  Agosto de 2014, de maneira despretensiosa entrei no UOL Esporte e vi que a principal estrela da NBA, campeonato americano de basquete, LeBron James tinha retornado de férias ao seu clube com 11kg a menos do que na última temporada, isto em apenas dois meses, veja abaixo a foto.

Lebron-James-Paleo

 Neste momento fique pensativo, como um atleta, já com um pequeno índice de gordura corporal pode perder tanto peso em tão pouco tempo mantendo a saúde e a disposição necessária para o exercício de sua atividade?

Esta pergunta me motivou a conhecer a Dieta Paleolítica, conhecida também como Dieta Paleo, pesquisei muito pela internet, li alguns livros e finalmente a nutrição e o funcionamento do nosso corpo começou a fazer sentido pra mim e cai de cabeça nesta dieta, que pra mim realmente era de fácil aplicação, visto que sempre fui um carnívoro de primeira.

Apesar de alguns contratempos iniciais já previstos e comuns a adoção da dieta paleo, tais como dor de cabeça e fadiga, em alguns dias já tinha me adaptado plenamente a nova dieta , comendo muito menos do que antes, sempre saciado, sem fome, extremamente disposto para o dia a dia e sem mais qualquer dor no estômago ou na cabeça e com resultados muito positivos na balança, nas medidas, nas roupas e na percepção de outras pessoas.

Em menos de dois meses também já tinha perdido mais de 10 kg, pela primeira vez com muita facilidade, sem nenhum sacrifício e sem nenhuma atividade física, visto que o momento profissional era estafante e não abria espaço para uma simples hora de caminhada.

O tempo foi passando e a naturalidade da Dieta Paleo me cativou de uma maneira que eu já começava a achar realmente errado comer massa, pão ou qualquer outro alimento não pertencente aos da dieta, embora as vezes ainda escorregasse em um refrigerante ou um doce por aí, no começo de Novembro de 2014 já estava pesando menos de 107kg, ou seja, mantendo uma sistemática perda de peso e melhora da saúde, o que me deixava muito motivado com a dieta…

 Mas como diria Joseph Climber, a vida é uma caixinha de surpresas, e em Novembro de 2014, depois de um bom tempo sem férias, tive a oportunidade de viajar com minha esposa e ficar três semanas nos EUA, conhecendo a Flórida, suas praias, parques e shoppings, nos levando para uma rotina absurda onde não tivemos tempo nem para pensar, muito menos para se alimentar de maneira correta. Resultado? Muito fast food, doces e porcarias diversas que me fizeram retornar de viagem com 113kg e ficar com a impressão que eu tinha cometido um crime comigo mesmo…

Para ajudar, retornamos em Dezembro e suas inúmeras confraternizações, festas e comemorações que só me deixaram mais culpado, o que me fez traçar um audacioso plano para começar no dia 1º de Janeiro de 2015. Estar no dia 16 de Novembro de 2015, meu aniversário de 30 anos, com 90kg, peso este que não tenho desde de os meus 19 anos, considerado ideal por mim e até mesmo pouco por minha esposa.

Como sei do tamanho da dificuldade da tarefa que me impus, cheguei a conclusão que somente a dieta Paleo não seria suficiente para tal desafio e comecei a pesquisar sobre atividades físicas, quando me deparei com os Exercícios Calistênicos, que prontamente satisfizeram a minha necessidade de bons resultados e a famigerada falta de tempo.

Sendo assim, criei este blog para dividir os conhecimentos desta jornada e principalmente para ser um meio de motivação próprio, já que não quero passar pela vergonha de assumir um compromisso público como este e não atingir o meu objetivo.

E porque Agogê? Bom, meus amigos sempre não lembravam do nome da dieta e a chamavam de dieta espartana, das cavernas, do guerreiro, enfim de todos os nomes que remetiam a Leônidas e os 300 de Esparta, logo foi natural a escolha de Agogê para o nome deste projeto pessoal, visto que de fato, será uma reeducação da mente e uma reprogramação do corpo.

Gostaria da ajuda de todos os leitores deste blog nesta jornada, logo, fique a vontade para me contatar por email no contato@projetoagoge.com.br

Obrigado pela leitura e espero que goste do blog. 😉

Rafael Costa

2 pensamentos em “O que é o Projeto Agogê?

  1. Porra Grande, que bom cara!
    Eu to gordo pra KCT também e ta foda passar de dieta em dieta e voltar pra mesma estaca viu!!!
    Me interessei bastante pela ideia e o saúdo pela iniciativa, pode contar comigo cara, vou me inteirar mais no assunto e tentar seguir alguns princípios viu…
    Olha a BARBA de Espartano eu já estou cultivando, falta agora “só” o resto!!!

    Abraço

Deixe um Comentário